3 de ago de 2010

Inovando para fortalecer uma idéia


PSTU ocupa a web

Em nenhuma outra eleição a internet foi tão usada como está sendo em 2010. E o PSTU também está aproveitando a mídia.

Quando o partido lançou o site do Zé Maria, não imaginávamos que teríamos tanta concorrência. Uma concorrência pra lá de boa evidentemente.

Espontaneamente, nos estados, os militantes foram criando seus blogs. Os candidatos aderiram ao Twitter e ao Orkut, a exemplo do próprio Zé Maria. O candidato a presidente faz questão de atualizar seu Twitter, não deixando nas mãos da assessoria.

Na rede, são divulgadas as biografias, agenda, artigos, programa, vídeos e fotos. E, é claro, a campanha de Zé Maria.

“A internet é a única mídia livre que temos atualmente na sociedade. Na rede não existe a censura do poder econômico das grandes empresas da forma que existe hoje no rádio e televisão. Por enquanto, é o único espaço onde se tem uma relativa liberdade de expressão”, opina Giovanni Mangia, criador e administrador do blog do Rio Grande do Sul.

Já o pessoal do Rio de Janeiro aproveitou para criar um site do estado, que vai permanecer após as eleições. A iniciativa é importante para “servir de interlocução com os diversos setores e categorias de trabalhadores e da população em geral, que hoje tem na internet um espaço de divulgação e comunicação”, dizem os companheiros.

Em São Paulo também foi criado um site, manchagovernador.org.br. O site é do Mancha, mas lá você encontra as informações sobre os candidatos a senador e deputados. Também dá para se informar sobre agenda dos candidatos e atividades, como o Seminário Estadual de Programa.

Ampliar o acesso
Sem deixar de ter o corpo-a-corpo junto aos trabalhadores e a juventude em seus locais de trabalho e estudo como principal estratégia de campanha, o partido aproveita este espaço para ampliar a divulgação.

“O Brasil já tem 41 milhões de usuários da internet. Construir uma campanha alternativa é fundamental para fortalecer a agitação política que é feita nas escolas, universidades, fábricas”, diz Mangia. “Aqui no Rio Grande do Sul, estamos fazendo uma bela experiência. O retorno é imediato para os que atualizam constantemente”, afirma.

Outros bons exemplos são os blogs de Sergipe, Bahia, Ceará, Paraná, Minas Gerais, Brasília e Rio Grande do Norte. Os responsáveis já afirmaram que alguns deles vão permanecer depois das eleições, como meio de divulgação do partido. Se alguém ficou de fora, é só reclamar que divulgamos imediatamente.

Ao contrário do PT e do PSDB (e dos outros partidos da burguesia), O PSTU não conta com grandes recursos. A campanha é feita com a colaboração dos militantes, simpatizantes e apoiadores. Também nesse sentido, a internet tem sido uma boa aliada.

Outro elemento importante é que, na internet, não há o boicote que existe na TV, rádios e jornais – pelo menos por enquanto. Nas eleições de 2008, houve uma tentativa de censura que se mostrou inviável.

Recentemente, o PSTU teve indeferido um pedido de participação no debate da Rede Bandeirantes, mesmo recorrendo à democracia. Agora, o partido inicia uma campanha na rede para que Zé Maria participe dos debates.

Nas páginas dos estados, você pode conferir os blogs, twitters, orkuts e afins dos candidatos Brasil a fora. É só clicar aqui.


Fonte: www.pstu.org.br | www.zemariapresidente.org.br










Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe sua opinião! O PSTU Gaúcho agradece sua participação.