3 de jul de 2013

LIBERDADE PARA BRUNA

http://liberdadeprabruna.blogspot.com.br/

Nos navios de cruzeiros, além de uma tripulação que faz um trabalho semi-escravo, funciona esquema de tráfico internacional de drogas. Em apenas 6 meses trabalhando num cruzeiro, Bruna viu seus sonhos de juventude transformarem-se em pesadelo. Foi vítima dessa dupla exploração e está presa na Espanha há mais de 14 meses, tendo recém completado seus 26 anos no cárcere.


Bruna está em prisão preventiva e divide a cela com mais cinco mulheres de várias nacionalidades, que respondem a diversos crimes. Tem perdido sua resistência física e ficado doente com mais freqüência devido à baixa da imunidade.

Bruna nunca havia saído da casa de sua família, sempre teve uma conduta exemplar, e não tem quaisquer antecedentes criminais. Ela começou a trabalhar no navio de cruzeiro Costa Victoria do grupo italiano Costa Cruciere alguns meses depois de obter o diploma de bacharel em uma área da saúde numa das mais conceituadas universidades do Brasil. Tinha como objetivo, ao trabalhar no navio, conhecer a cozinha internacional, aprimorar o idioma inglês e conhecer outros países. Em setembro de 2011, após passar por vários testes e exames do processo de recrutamento e somente dois dias antes de embarcar, foi designada para atuar no navio Costa Victoria com início das atividades na Grécia. Desgraçadamente, seis meses depois do início dos trabalhos ela foi presa.

Bruna estava no seu primeiro contrato de trabalho em navio de cruzeiro (marinheira de primeira viagem).Ela caiu em uma armadilha do esquema mafioso do narcotráfico.O traficante que a enganou e que também foi preso, mais tarde e diante do juiz, confessou que tinha enganado BRUNA colocando droga em sua mochila e que ela não estava sabendo do esquema ilícito.

Hoje pesa sobre Bruna a revitimização por parte da Justiça espanhola, baseada no preconceito contra estrangeiros, sendo pisoteados vários direitos humanos.


Veja quem apóia a campanha pela liberdade de Bruna
http://liberdadeprabruna.blogspot.com.br/2013/06/marcos-rolim-ex-deputado-e-atual.html
 

PETIÇÃO PÚBLICA PELA LIBERDADE DA BRUNA

Há mais de um ano, a família de Bruna tem levado uma luta incansável para exigir os direitos de Bruna, sua liberdade, da Justiça do Estado Espanhol, mas também exigindo das autoridades brasileiras que defendam seus cidadãos no estrangeiro, não só Bruna mas outras pessoas que passam imensas dificuldades, e encontram-se completamente vulneráveis.



Entre nessa campanha. Exija a liberdade de Bruna, que tem inocência comprovada, e com essa luta ajude a:
• denunciar a máfia dos cruzeiros, defender nossos jovens e a todos passageiros nesses navios
• denunciar a quem viola os direitos humanos, criar uma lei de proteção a tripulantes e passageiros
• defender os brasileiros desamparados no exterior


Assine a petição pública:
http://www.avaaz.org/po/petition/Liberdade_para_Bruna



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe sua opinião! O PSTU Gaúcho agradece sua participação.