18 de set de 2013

Todo apoio à greve nacional dos correios!




Na última quarta-feira, dia 11 de setembro, os trabalhadores dos Correios do estado entraram em greve, sendo acompanhados por mais 27 locais que votaram a greve no dia 17/09. Suas principais reivindicações são: Reajuste dos salários dos trabalhadores, conforme o aumento dos lucros da empresa, contratação imediata de mais trabalhadores, não privatização do plano de saúde e contra a burocratização do auxílio creche

Assista o vídeo:





Nos últimos quatro anos consecutivos a empresa bate recordes de lucros e isso não se reverte da mesma forma para os trabalhadores. Apesar da internet, há um aumento no volume de cartas e correspondências, principalmente devido às compras feitas pela internet, aumento da utilização de cartões de crédito (que, consequentemente, aumentam o volume de contas a serem enviadas por correspondência), entre outros. Isso acarreta uma sobrecarga nos trabalhadores do setor de correios que agora sofrem com mais problemas de saúde. Mesmo assim, a empresa se nega a aumentar o salário dos trabalhadores concomitante com o aumento de seus lucros. 



A sobrecarga de trabalho também ocasiona mais problemas de saúde aos trabalhadores e mesmo assim, a empresa prevê a privatização dos serviços de saúde antes fornecidos. Não admitimos que a mesma empresa que não contrata novos servidores e aumenta o ritmo de trabalho do carteiro, ainda ataque o plano de saúde do trabalhador!

A empresa, em nível estadual, quer criar mecanismos para burocratizar o auxílio creche, hoje fornecido apenas para trabalhadoras (os pais não têm esse direito, apenas as mães). Está previsto aceitar somente creches credenciadas ao programa, dificultando cada vez mais que as mulheres possam usar o benefício. A mais nova proposta visa, inclusive, retirar o auxílio creche de muitas trabalhadoras.




Por um auxílio creche a mães e pais trabalhadores!

Por assistência médica gratuita!

Pelo aumento de salários proporcional ao lucro da empresa!


Pela contratação de novos trabalhadores!

Contra a sobrecarga e por melhores condições de trabalho! 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe sua opinião! O PSTU Gaúcho agradece sua participação.