17 de set de 2015

Entrevista com André "Lagartixa", metalúrgico de Canoas e eleito cipeiro na AGCO



André Battistello “ Lagartixa” , Metalúrgico de Canoas e funcionário da AGCO, acabou de ser eleito cipeiro em recente eleição na fábrica, ficando empatado em primeiro lugar com outro colega. Vai falar um pouco para o Opinião Socialista sobre sua trajetória política e o papel da CIPA.

Opinião Socialista: Fale um pouco da sua trajetória profissional como metalúrgico e da sua militância política?

André: Iniciei minha trajetória como metalúrgico em 1984 na Maxiforja, depois trabalhei na DHB, Taurus, Edlo, Siverst, Springer e Gedore. Sempre na Industria metalúrgica. Tenho 11 anos de AGCO.  Fui durante duas gestões diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas e Nova Santa Rita, fui filiado ao PT durante muitos anos. Desde 2014 estou filiado ao PSTU e construindo a CSP CONLUTAS.

Opinião Socialista:  Fale um pouco da importância do Cipeiro de luta dentro de uma fábrica?

André: A cipa é uma ferramenta importante de luta em prol da defesa dos trabalhadores. O Cipeiro de luta esta atento a pressão da chefia, fiscaliza as condições de máquinas e equipamentos e coibe o ritmo alucinante de trabalho que muitas vezes gera doenças ocupacionais.  Está sempre atento e defendendo os interesses dos trabalhadores dentro da fábrica.

Opinião Socialista: Os sindicatos de metalúrgicos de Canoas, São Leopoldo e de Porto Alegre, dirigidos pela CUT, já foram importantes instrumentos de luta e organização da classe trabalhadora. Isso mudou depois dos governos Dilma e Lula do PT. Como você vê o papel do sindicato hoje? Qual o balanço da última campanha salarial dos metalúrgicos de Canoas?

André: Os sindicatos da CUT estão atrelados ao PT, o Lula quando se elegeu em 2002 conseguiu freiar o sindicatos e  movimentos sociais . Pois os líderes sindicais estão nos cargos dentro dos governos, viraram burocratas ganhando altos salários , e abandonaram a luta de classe.  A campanha salarial de 2015 em Canoas foi uma vergonha, pois não conseguiram nem o INPC, 6% retroativo a Maio e 2,34% apartir de Agosto de 2015.  Os salários estão cada dia mais desvalorizados e a cesta básica , gasolina , energia elétrica, alugueu cada dia aumenta mais. Precisamos construir uma alternativa que de fato defenda os interesses dos trabalhadores do chão da fábrica por isso construo a CSP CONLUTAS. Precisamos construir um movimento sindical classista e independente dos patrões e dos governos para defender de fato os interesses dos trabalhadores.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe sua opinião! O PSTU Gaúcho agradece sua participação.